Um pouquinho da minha história dentro do Yoga

Atualizado: 11 de Jul de 2019

Por recomendação médica conheci o Yoga e hoje virou uma paixão e um estilo de vida.


Em 2002 entrei na minha primeira aula de Yoga, fui por recomendação médica, depois de experimentar musculação, natação e hidroginástica e nenhum me ajudar (vou confessar, eu era daquelas que achava que Yoga era só ficar fazendo “OOMMM”), resolvi experimentar uma aula. Bem, dá pra perceber que me apaixonei, desde a primeira aula e, desde lá esse caminho dentro da prática foi só aprofundando e guiando a minha vida.


Em 2003, por sugestão de minha querida primeira prof. de Yoga, a Claudia Loewenthal Janiscki, iniciei meu primeiro curso de Formação para Instrutores, com a amada Mestra Mª Laura Garcia Packer. Elas foram a base de todo meu conhecimento e até hoje lembro com carinho de detalhes de ensinamentos tão preciosos recebidos.


Em 2004 já comecei a dar aulas no Espaço Shakti de Yoga, lugar onde comecei a praticar. Foram tantas coisas boas, tantos ensinamentos, tantos amigos, muitos que até hoje fazem parte no meu coração.


Na época eu trabalhava muito, era dona e motorista de transporte escolar e ainda dava aulas de Yoga. O excesso de trabalho me trouxe alguns problemas de coluna, e em 2008, fiz uma cirurgia. Acabei saindo do Espaço Shakti e, em 2009, depois de algumas mudanças que a vida trouxe, abri meu primeiro Espaço de Yoga, o Espaço Ànanda, era uma sala em minha casa, um espaço pequeno e muito acolhedor. Foi um período muito bom, suave e transformador.


Em 2010 encontrei um novo caminho dentro do Yoga, apesar da cirurgia em 2008, ainda sentia dores na coluna, mesmo com as práticas de Yoga. Foi aí que encontrei o “Yoga Studio”, hoje o Kaiut Yoga de Curitiba, na época administrado pelo Francisco Kaiut e a Luciana. Foi através do anúncio de um Curso de Formação, que dizia de um método novo que tirava as dores de coluna, ombros e joelhos que, fui até lá na intenção de fazer o curso e experimentar que aulas eram aquelas.


Na primeira aula já senti um alívio que há muito tempo não experimentava e lembro que a Luciana me falou ao final da aula: “Bem vinda ao Yoga novamente”. Talvez ela nem lembre disso, mas foi realmente o que senti: de volta ao Yoga, sem dores e muito feliz!


Em 2011 iniciei o curso de 2 anos do método, foi muito transformador, muitos aprendizados e uma forma de ver toda a prática diferente, não havia nada da Filosofia Hindu, desconstruí muitas coisas, deixei de lado quase todos os livros que haviam me norteado até ali mas, graças às memórias internas e o aprendizado de outras vidas, eles (os livros e a Filosofia) retornaram à minha prática com mais consciência e amor redobrado por tudo já aprendido.


Em 2014 uma mudança total, viemos morar em Santa Catarina e, com todo o apoio de meu companheiro de caminhada, Arquimedes, abrimos uma Escola de Yoga, uma quase “franquia” do Kaiut Yoga, éramos “Kaiut Yoga Balneário Camboriú”. Não foi um período fácil, de novo a vida nos trazendo desafios e aprendizados.


Sou dessas pessoas otimistas e cheias de Fé! Acredito que tudo na vida tem um porquê, e sei, que aqueles anos – de 2010 à 2014 – foram necessários, foram as pedras e flores com que construímos nosso lindo espaço, o SIMPPLES SER. No final de 2014 nos desligamos do Kaiut e em 13 de Maio de 2015, “nasceu” o SIMPPLES SER. Este espaço é maravilhoso pra mim e espero que para todos que aqui entrem, um espaço de cura, onde as Terapias Alternativas, as Vivências Curativas, o Yoga de todas as formas, para todos os gostos e necessidades, estão presentes.


Em Setembro de 2018 uma nova etapa se iniciou, um novo sonho se realizando, nosso primeiro Curso de Formação de Instrutores, e se o Universo permitir, o primeiro de todos os outros que nortearão meus passos daqui para frente. Quero passar tudo que estes anos no Yoga me proporcionaram, formar professores que vejam seu aluno em todas as suas dimensões, ensinando com amorosidade, responsabilidade e sabedoria.


Uma nova etapa se inicia e estou muito feliz! Quero ainda aprender muito, continuar estudando e quero muito ensinar tudo que aprender!


Há uma frase de Guimarães Rosa que diz “a vida nos pede coragem” e completo como um mantra pessoal: “A vida nos pede coragem, gratidão e amor todos os dias“.


Saiba mais sobre a Simpples Ser: https://www.simpplesser.com/

E pelas nossas redes sociais: https://www.facebook.com/pg/yoga.simpplesser/

29 visualizações
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook