O 1º Chakra: Chakra Muladhara

O Chacra raiz está fortemente relacionado com nosso físico, canalizando a energia da terra pelos pés e pernas, para processá-la e estabilizá-la.


É o primeiro chakra (conhecido como Chakra Base ou Raiz), está situado na base da espinha dorsal. Ele cuida dos aspectos mais grosseiros do corpo: ossos, tendões, sangue.


Em termos energéticos esse chakra canaliza a energia da terra em sentido ascendente, pelos pés e pernas, para processá-la e estabilizá-la. Depois ele move essa energia ao longo da coluna, agora transmutada em uma forma que o corpo reconhece como sinais, para equilibrar o sistema endócrino (através das gônadas: ovários e testículos) por meio da liberação de hormônios. Quando não obtemos o pleno fluxo dessa energia da Terra, os desequilíbrios em nosso corpo físico acontecem.


“Ligar a terra” ou “enraizar” é a principal função do Muladhara. Quando fazemos essa ligação pulsamos no mesmo ritmo da Mãe Terra. O primeiro e o segundo chakras também agem como caixa de reciclagem energética do campo áurico. Eles transformam as energias emocionais negativas em poder e luz e devolvem para a Terra qualquer resíduo tóxico prejudicial aos outros chakras, mantendo assim o equlíbrio. Se o nosso Chakra Muladhara estiver dissociado da Terra, não conseguiremos expelir essas emoções residuais.


Ele está ligado às idades entre de 0 a7 anos, depois entre 50 e 56 ano



Principais Características:

Localização: Plexo pélvico, região entre ânus e os genitais


Sistema fisiológico: Reprodutivo


Glândula endócrina: Supra-renais. Segrega adrenalina, noroadrenalina, cortisol. Estes hormônios preparam o corpo em casos de situações inesperadas, mobilizando as defesas físicas e psíquicas para agir, são por isso chamadas de glândulas de emergência.


Cor: Vermelho


Elemento: Terra


Bija mantra: Lam


Questões fundamentais: Ele afeta a vitalidade geral, a temperatura do corpo e o seu crescimento. Liga-nos com o mundo físico, com o espírito da Mãe-Terra. É o que lida com as necessidades básicas individuais, bem como as globais, da vida e da sobrevivência nesse planeta. Constitui a fonte de força vital para os chakras mais elevados, é a sede do inconsciente coletivo cujo conhecimento acumulado se torna aqui acessível, alem disso o primeiro Chackra proporciona-nos força de vontade e estabilidade.


Muladhara significa “o suporte da raiz”, “o responsável pelas origens” ou “o portador dos

alicerces”. As necessidades do primeiro chakra são instintivas: abrigo e alimento e a procriação. Os atributos positivos do Muladhara nos propiciam capacidade de sobreviver em situações extremas.


Fatores reguladores: energia vital, conexão com a Terra; estabilidade; novos começos.


Em equilíbrio: forte conexão com a mãe Terra, trazendo energia da terra para o corpo; vontade de viver, vitalidade, energia física e sexual; coragem para enfrentar a vida, capacidade de produção e concretização de objetivos, capacidade de encontrar atividades adequadas; conexão com a realidade e com os instintos. Capacidade de resolver de maneira prática os problemas. Estruturação e firmeza nas atitudes.


Em desequilíbrio:

• A nível físico: doenças do sangue, anemia; deficiência circulatória, hipotensão; distúrbio do reto, ânus e uretra, prisão de ventre, hemorróidas; artrite; ciática; baixa vitalidade; deficiência das suprarenais; insônia (hiperativo) ou depressão (hipoativo)


• A nível emocional e espiritual:

- Se hipoativo: timidez, sentimento de inferioridade, medo, remorso, falta de estabilidade e de força de vontade, crise de identidade, não tem os “pés do chão”.

- Se Hiperativo: interesse excessivo por bens materiais e segurança; avidez por satisfações pessoais, tendência a se proteger e se isolar; apego e retenção; reaçoes agressivas; impaciência; competitividade e egocentrismo.



Como Equilibrar o Muladhara

Cor: Vermelha. Usá-la em roupas ou vizualizar a cor no local, se sentir que ele está enfraquecido. Se perceber que está hiperativado acalmar com a vizualização da cor turquesa, que é a complementar do vermelho.


Alimentos: alimentos de cor vermelho como tomates, beterrabas, cerejas, romãs, morangos e maçãs vão ajudar a equilibrar este chacra. Também comer raízes como rabanetes, nabos, cenouras, alho e cebola, aipim, batata.


Aroma: madeira de cedro, patchouli, mirra.


Cristais: pedras nas cores preta, marrom, cinza e vermelha, como a Obsidiana, quartzo fumê, rubi, e turmalina negra


Som: sons fortes como músicas xamânicas ou tambor.


Vivência: andar descalço na areia, na grama ou na terra. A Terra é o elemento mais associado com o chacra raiz. Portanto, a fim de equilibrar este chacra, você pode andar com os pés descalços no chão de casa, ou simplesmente sair e passar algum tempo caminhando na natureza. Apesar que sair de casa, muitas vezes não é algo que uma pessoa com um chacra raiz bloqueado vai querer fazer, é uma das grandes chaves para curar e equilibrá-lo. Se o chacra não tivesse bloqueado, você não sentiria nenhuma resistência em ir para a natureza. Sentir uma conexão literal com a Mãe Terra, é importante para o nosso senso de segurança e enraizamento. Só é preciso gastar 15

minutos ou mais por dia na natureza, e você vai notar um enorme impacto sobre as emoções e estados psicológicos associados com o chacra raiz.


Ancorar-Se Com O Exercício Físico:

O chacra raiz está fortemente relacionado com nosso físico, e, consequentemente, o exercício físico é uma ótima maneira de equilibrar e curá-lo. Dança, exercícios de bioenergética, Yoga, caminhadas e Tai Chi são exemplos maravilhosos de atividades

físicas que irão dar-lhe uma sensação de enraizamento ou aterramento.


Mudra para o Chakra Muladhara

Texto: Elida Ferreira - Simpples Ser

0 visualização
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook