O 5º Chakra: Vishuddha

O chacra Vishuddha é também conhecido como chacra laríngeo, em sânscrito significa “o purificador”.


Sua função é a inspiração, a criatividade e a comunicação. Conhecido ainda pelo nome de Akasha, ele governa o pescoço, os ombros, os brônquios, além da voz. Se constantemente alinhado, auxilia no tratamento às disfunções digestivas. É de frequência vibratória superior. Sua função fisiológica espiritual é a de transmitir a ideia por meio da fala, pois está ligado à inspiração, a comunicação e a expressão com o mundo.


Ele rege o plexo nervoso: Gânglios, cervicais e medula; os sistemas: fisiológico, respiratório e endócrino: Tireoide e Paratireoide. Comanda os pulmões, aparelho brônquico, vocal e canal alimentar. É o centro da expressão, comunicação e julgamentos. Está ligado ao trabalho criativo e profissional: músicos, compositores, artistas e oradores. Está associado ao som, ritmo e aos sentidos de audição, paladar e olfato. Sua disfunção ocorre quando não se expressa corretamente dentro da verdade e há censuras, negativismo e hostilidade. Aparece o medo, o retraimento e o fracasso. Gera doenças dos pulmões, garganta, ouvido, bronquite, gagueira, bócio e dificuldades em se expressar.



Principais características:

Localização: localiza-se na região da garganta. Na coluna está associado à 3ª vértebra

cervical.


Sistema Fisiológico: sistema respiratório e endócrino – laringe, traquéia, artérias, carótidas e tireóide.


Glândula Endócrina: Tireoide e Paratireoide. Em termos físicos, está relacionado à

produção de hormônios que equilibram a tireóide. A tireóide e paratireóide mantêm

funcionando diversas funções corporais, que incluem a reparação das células do

corpo, os níveis de cálcio e de fosfato no sangue.


Cor: turquesa, azul celeste. Usar a cor em roupas ou imaginar a cor envolvendo toda

região do pescoço.


Elemento: Éter


Bija Mantra: Ham (lê-se como em rato)


Questões fundamentais: Auto expressão. Aprender a usar nossa respiração para o

equilíbrio e saúde do corpo.


Os problemas respiratórios surgem por causa de uma dissociação com a energia do

éter (akasha), um tipo especializado de prana que passa através desse chacra e é

absorvido dentro do corpo com cada respiração.


• Nós respiramos, mas não pensamos sobre a qualidade de nossa respiração

• Nós absorvemos ar e oxigênio, mas não pensamos sobre a qualidade desse ar.


É apenas quando sentimos dificuldades em respirar que começamos a apreciar

realmente a preciosidade da respiração. Podemos viver cerca de 50 dias sem

alimento, cerca de 10 dias sem água, mas o ar – incluindo o oxigênio, o prana e o éter

– é necessário aproximadamente a cada 3 minutos.


Sem ar, o sistema elétrico que forma nossa energia de fogo, centrado em nosso

cérebro, morre rapidamente. Recebemos então a designação “morte cerebral”. Mas

e se respirarmos apenas pela metade durante toda a nossa vida? O que isso provoca

em nós? Talvez seja por esse motivo que o yoga ensine técnicas específicas de

respiração para aumentar o fluxo prânico através de nosso sistema corporal sutil e

físico.


Fatores reguladores: comunicação, conhecimento, integração, paz, criatividade,

honestidade, lealdade.


Em equilíbrio: Traz verdade e clareza ao ouvir e falar, com uma comunicação construtiva, que visa o entendimento e o crescimento. É um portão de entrada para uma conexão mais profunda com uma consciência espiritual mais elevada.


No físico: Expressa a energia criadora única, unindo o corpo mental e o corpo astral,

entendimento, devoção, compaixão e amor, abertura para o espiritual e para o novo,

transformações e calma.

Traz a reflexão, criatividade, receptividade, expressão, intuição, magnetismo, comunicação com o inconsciente. Traz a reflexão, criatividade, receptividade, expressão, intuição, magnetismo, comunicação com o inconsciente.


Em desequilíbrio: Distúrbios neste chacra podem gerar medo da desaprovação e de

fracasso na vida social, resultando muitas vezes em agressividade em relação aos

outros. Também influencia a nossa capacidade de comunicação, podendo afetar a

própria fala.


No físico: Gera doenças dos pulmões, garganta (laringite, amigdalite, faringite)

ouvido, bronquite, gagueira, bócio, problemas de tireoide e paratireoide, doenças

mentais, depressão, problemas de coluna cervical, de dentes, distúrbios da fala, calo

das cordas vocais


No nível emocional: falta de criatividade, covardia, timidez, doenças nervosas e

fobias. Também traz conflito de autoimagem, dificuldade em expressar pensamentos

e sentimentos, ganância, insensatez, negatividade.



Como Equilibrar o Chakra Vishuda

Alimentos: comer todos os tipos de frutas, das mais variadas cores.


Aroma: qualquer óleo essencial que ajude na auto expressão são adequados para o

chacra laríngeo. Camomila romana, camomila alemã, raiz de angélica, pau rosa e

tomilho são especialmente eficazes. Alecrim, lavanda e hortelã-pimenta também são

excelentes opções.


Chá: acalma a respiração e ajuda a expelir o muco, hortelã-pimenta, sálvia, sal e limão grama. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Maryland em seu Centro Médico mostra que erva cidreira é capaz de curar várias doenças, incluindo tireoide.


Cristais: a energia que sai dos cristais é uma composição dos elementos da natureza e dos raios vibracionais. Transmitem uma espécie de raio que é absorvido pelo corpo físico. Esses raios absorvidos pelo corpo desbloqueiam e alinham os chacras.


As gemas de cristal recomendadas para a ativação do chacra da garganta são: topázio azul, turquesa, calcita azul, quartzo azul e angelita.


Som: sons da natureza, cantos harmoniosos.


Vivência: observar o céu azul e o reflexo dele na água. Cantar.


Mudras para o chakra Vishudha

Dica especial:


Reflita sobre sua a forma que tem se comunicado com as pessoas.


Sente que tem falado demais? Sente-se tão bloqueado, que não consegue falar o que pensa que deveria ser dito? Sente-se incompreendido, como se ninguém entendesse o que você quer expressar?


Aprenda a falar, mas, também, aprenda a escutar. Não há comunicação sem que esses dois veículos (a fala e a audição) sejam utilizados. Para haver uma comunicação completa, é necessário saber falar e saber escutar. Cada coisa em seu tempo.


Por ser, também, um chakra relacionado à criatividade, procure expressar-se através da criação, das artes, sejam artes plásticas, música, poesia, teatro, dança. Se não puder falar, se o momento não permitir uma conversa decisiva, onde você possa aliviar-se

dizendo que tem a dizer, escreva. Pense em todas as coisas que gostaria de dizer a alguém e escreva em uma carta. Nesse momento, cabe a você a decisão de enviá-la ou não. Ambas as opções são válidas, mas, caso opte por não enviá-la, queime-a e sopre as cinzas ao vento, imaginando que o Universo está recebendo sua mensagem e irá atendê-lo em tempo hábil.


Texto: Elida Ferreira - Simpples Ser

64 visualizações
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook